terça-feira, 18 de maio de 2010

ASSIM NASCEU UM NOVO AMOR

Image and video hosting by TinyPic
ASSIM NASCEU UM NOVO AMOR

Entranha-te na minha pele com harmonia
Numa ânsia vernácula, de ti provindo
O odor inebriante da relva macia
Bailando ao vento como ARPA luzidia
Sobre esse olhar retorquindo,
Que devagar
Me vais despindo.

De longe sopra, desmandado o vento
E esta noite sedenta não tem dono
Avança no meu corpo bolorento
Põe-te nua nesta sede, que é chamamento
E faz-te nos meus braços abandono.

Corre, arrisca, não tentes te deter
Galopa, esmaga tua boca sobre a minha
Não deixes o respiro interromper
Este mudo rezar em ladainha.
Quero que lavres em mim como um rio
Nessa altivez emaranhante do teu cio.

Mergulha no jardim dos meus pecados
Sussurra-me esse querer que é estridente
A dança efervescente dos segredos
Desvendados no silêncio dos meus dedos
Que guardaste no diário de teu ventre.
Assim nasceu um novo amor
Chamado talvez saudade
Nas asas do Beija-flor.

Regensburg
17-05-2010
Beija-flor



8 comentários:

  1. que esse amor te traga a paz e tranquilidade no teu coração e que esses desejos de amor não fique só gravado aqui nessa tela mas que passe para a realidade da tua vida só lhe quero feliz um abraço de quem o estima fique bem lindo poema como sempre

    ResponderEliminar
  2. Meu amigo
    Belo e sensual poema, que esse amor seja eterno, adorei.

    Deixo um beijinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  3. Beija-flor.

    Todo poema de amor tem de ser olhado com o respeito das coisas sagradas, porque para alguém ele toca em coisa sagradas que devem o respeito de quem os lê.

    Gsto do que você escreve. Estou sempe por aqui, esmo quando não comentando.

    Abçaos fraternos

    ResponderEliminar
  4. Amigo, lindíssimo poema, toca a alma de quem lê.
    Tenha um excelente Domingo
    Bjs
    Maria

    ResponderEliminar
  5. Olá Poeta,
    Um poema que encanta, expressão de um amor
    sensual e muitíssimo belo!
    Parabéns!
    Abraço
    Fhatima

    ResponderEliminar
  6. Olá...!

    Sabes...? O meu blog conta já com um ano...! E para a ocasião escrevi algo que também é para ti... e, de passagem, podes ver que há um selo que podes levar, se assim o quiseres... Pois, como o seu nome indica, serve para "selar" este vínculo que nos uniu neste tempo transcorrido..., isso me encantaria..., e faria completo este festejo e a minha alegria...!
    Ou se não..., ofereço-te uma flor de Ceibo que é a flor do meu país: Argentina.

    Obrigado pela tua presença...!

    Cumprimentos,

    SERGIO.

    ResponderEliminar
  7. http://emiliastarjj.blogspot.com/12 de setembro de 2010 às 07:59

    Adorei o poema! beijinhos beijaflor

    ResponderEliminar